Pular para o conteúdo principal

Adaptar seu novo Cachorro com seus Cães mais antigos

     Como integrar seu novo Pet com os cães que já moram na sua casa? Veja agora algumas dicas de como tornar este processo mais fácil e suave para unir o novo integrante na sua família.



Apresentando os novos amigos

    A apresentação ideal, seria em território neutro. Por mais que seu cão seja sociável, ele pode ter ciúmes caso o novo integrante chegue perto de seu pote de comida, água ou cama. Durante um passeio por exemplo, ou na rua, com a ajuda de um parente ou amigo, cada um ficaria com um cachorro e faria o contato como se estivesse cada um passeando separado e se encontrasse casualmente. Com este contato inicial feito e tudo ocorrendo sem maiores problemas, o cão novato pode ser conduzido para a nova casa.

Conduzindo o novo cão para a casa



    Tendo feito o contato anterior, ou fazendo o contato diretamente já na casa, o procedimento é o mesmo. Tanto o cão de casa como o novo integrante, devem estar com as guias para segurá-los de forma mais fácil em caso de atrito. Caso o pote de ração esteja com algum resquício de alimento, deixo-o vazio e coloque outro pote água em algum outro lugar da casa. Alguns cachorros tem ciúmes dos potes de água também. Depois que eles já se cheiraram e agora o novo cão explora o ambiente, pode soltar as guias dos cães e observar. Se o seu cão atual é muito ativo, uma boa dica é fazer a apresentação após um passeio ou após uma brincadeira que garanta que ele tenha gastado uma boa quantidade de energia. Evite brincar muito com eles logo no início, espere eles se definirem como matilha e aos poucos vá retomando sua rotina de brincadeiras. Depois de alguns dias de adaptação, tente sempre passear e brincar com os dois juntos, pois quando um é separado para receber brincadeiras, o outro pode ficar com ciúmes. 

Alimentação

    Para muitas pessoas talvez esta seja uma parte mais difícil de adaptação. Mesmo seu pet sendo dócil e conviver com outro cães de forma pacífica, na hora de comer perto de outro cachorro ele pode acabar estranhando o novo amigo. O ideal é cada um ter seu pote de ração e quando chegar a hora da refeição, encher os potes e distribuir a uma certa distância para cada um. Se um deles terminar de comer e quiser ir para o pote do colega canino, você deve chamá-lo e distraí-lo evitando que ele se aproxime do outro neste momento. Muitos cães acabam não comendo tudo na hora e gostam de deixar um pouco para depois, neste caso se o outro cachorro é mais esfomeado, ele come rapidamente para tentar pegar as sobras do outro. Neste caso a separação na hora da comida pode ser uma saída, e caso fique algum resto, guarde o pote em algum lugar que eles não tenham acesso.

Cama, casinha



    É muito importante também que o novo pet tenha uma casinha ou caminha exclusiva para sentir que agora ele faz parte daquele ambiente. Caso o cão antigo queira usar a cama do novo, tudo bem, provavelmente ele deixará a antiga para o recém chegado. Deixe mais um ou dois pontos mais improvisados com almofadas ou cobertores, e veja qual ele se vai preferir. Com o tempo você vai saber qual está sendo usada e pode remover as que não foram usadas.


Observações

    Todas estas dicas foram baseadas em situações em que seu cão seja dócil e sociável com outro cães. Caso você tenha um cão muito agressivo e possessivo, teria que ter um trabalho com um adestrador ou um profissional da área. Em alguns casos infelizmente não é possível ter mais de um cachorro no recinto, por risco de integridade física dos animais. Por isso é muito importante fazer testes e ir ensinando seu cão antes de pensar em trazer mais um amigo para sua residência.

Por fim..


    É sempre bom aumentar sua matilha, dar a chance a um novo amigo de 4 patas para que ele tenha um lar e uma família que o ame. Por isso é importante seguir estes procedimentos e fazer a adaptação de forma mais rápida e tranquila. Persista para que dê certo, peça ajuda, insista, pois um cão nunca desistiria de você.





Comentários

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Viaje de Trem com o seu Cão! Curitiba - Morretes

    Conheça a natureza e a beleza da Serra do Mar Paranaense com a companhia do seu Pet no Bove, primeiro vagão de trem Pet Friendly do Brasil. Crédito da Foto: @ dayanecandatten Saindo de Curitiba     De Curitiba até Morretes, o horário de saída é sempre as 08:30 da manhã. O ingresso pode ser comprado pela internet ( serraverdeexpress.com.br ) e lá é possível consultar mais informações sobre o que é necessário para levar seu amigo canino no trem. Basicamente é a carteira de vacinação em dia e um atestado fornecido por um veterinário comprovando que o animal tem condições de viajar. É necessário estar presente com no mínimo 30 minutos antes do embarque para verificação dos papéis e para garantir um embarque tranquilo. Sem contar que terá tempo para adaptar seu cão antes da entrada no trem.                                                        Momentos antes do embarque Acomodações     O vagão Bove possui duas divisões separados por uma bela varanda, onde é possível apreciar as belas p

Importância dos exercícios para os pets

      Todos sabemos que exercícios são fundamentais para nossa saúde e bem estar. Para nossos pets não é diferente. Além de ser muito importante para o corpo, já que seu amigo canino irá trabalhar a musculatura, melhorar o funcionamento do intestino e trabalhar o sistema respiratório e cardiovascular, os exercícios ajudam muito no estado mental reduzindo o stress, estimulando memórias psicomotoras e deixando-o mais feliz através da liberação de endorfina. Mas qual exercício é indicado para meu pet?     A resposta para esta pergunta é: depende. Temos que avaliar itens importantes como o porte, espaço onde vive, idade e se existe mais de um cão na residência. A raça pode ser importante já que o temperamento pode ser detectado mais facilmente pelas características específicas, mas animais da mesma raça podem ter comportamento bem diferente em relação a aptidão para exercícios. Listarei as atividades com base nos itens citados: Caminhada/Passeio     Este é o melhor e mais fácil exercício p

7 Benefícios de Adotar um Cão

      Existem muitos benefícios ao adotar um cachorro, tanto para o animal quanto para o ser humano. Em seguida listarei alguns deles para você que está pensando em tomar esta nobre decisão. 1 - Salvar uma vida     Ao adotar, você estará ajudando um ser que poderia ter um triste destino vivendo no abandono. Ao retirar um cão que esteja vivendo na rua, ele não correrá riscos de atropelamento, maus tratos, fome, brigas com outros cães e condições climáticas desfavoráveis. Caso adote de um abrigo, seu novo amigo terá a chance de ter uma nova família e permitir que o abrigo ajude outros animais para que possam ter o mesmo destino feliz que terá seu pet. 2 - Melhora a Saúde Física     O fato de passear com o cão, mesmo em distâncias curtas ou brincar com ele em um quintal ou dentro de sua casa, por mais que não pareça, mas faz uma grande diferença na sua saúde física. Você será forçado a se movimentar para aguentar o pique do seu amigo peludo se ele for mais novo e agitado, ou mesmo caminha